Uncategorized

Comitê Gestor do Projeto Marié faz balanço das atividades, apresenta plano de trabalho e comemora recorde mundial

Participantes da reunião do Comitê Gestor do Projeto Marié realizada em Tapuruquara Mirim. Foto: divulgação ACIBRN

Na primeira semana de abril deste ano, nos dias 7 e 8, o Comitê Gestor do Projeto Marié – Rio de Gigantes, formado pela Associação das Comunidades Indígenas do Baixo Rio Negro (Acibrn – proponente e protagonista do projeto) e Untemed Angling do Brasil – UAB (empresa parceira e operadora do projeto) e as instituições parceiras do projeto, Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (parceria do projeto) Fundação Nacional do Índio (FUNAI/CR Rio Negro) e Instituto Socioambiental (ISA). 

O encontro em Tapuruquara Mirim – sede da associação reuniu representantes das comunidades que compõem a Acibrn para apresentar resultados balanço de atividades do projeto referente ao período de 2018 a 2021 e apresentar plano de trabalho para esse ano e próximos anos, especialmente, sobre os investimentos coletivos que serão feitos para as comunidades participantes do projeto.

Nos últimos anos as atividades foram suspensas devido à chegada da pandemia da Covid-19 na região do Rio Negro. As atividades do projeto e outras ações da ACIBRN foram diretamente afetadas por 20 meses.

Destaque no período foi à paralisação das atividades do projeto com a chegada da pandemia da Covid-19 nas comunidades indígenas do Rio Negro, sobretudo, nas comunidades que participam do projeto. Para garantir manutenção das atividades essenciais do projeto como a manutenção da vigilância territorial pelos indígenas feita pela Acibrn, que é fundamental para a gestão territorial onde o projeto é desenvolvido, a empresa operadora assumiu o compromisso de continuar apoiando esta atividade durante estes 20 meses.

Foram apresentados os relatórios de atividades e plano de trabalho para 2022. Foto: divulgação ACIBRN

Em 2021 com representantes da ACIBRN e FOIRN foram até Brasília para informar a situação e solicitar autorização junto a FUNAI para a retomada das atividades do projeto, incluindo a realização da temporada 2021. Para isso, foi elaborado e apresentado um Protocolo de Saúde e Segurança pela coordenação do projeto (ACIBRN/FOIRN). A partir dessa condição a FUNAI que autorizou a retomada da operação do projeto, quando foi iniciada a temporada de Pesca 2021/2022 por 20 semanas, período em que foram preenchidos menos de 90% das vagas disponíveis.

Gestão Territorial e Recorde Mundial

Os benefícios do projeto Marié vão além de recursos financeiros para a melhoria da infraestrutura das comunidades que participam do projeto. A atividade chegou para fortalecer a gestão e proteção do território tradicional dos povos indígenas que vivem na região.

Charles da Silva Baré e Rodrigo Moreira Salles (UAB) apresentam o certificado do recorde mundial. Foto: divulgação ACIBRN

Onde antes peixes já eram escassos, o projeto está contribuindo para a volta dos peixes nos lagos, isso, não apenas fortalece o projeto, como também garante recursos pesqueiros para o consumo das comunidades que vivem ali.

Um dos resultados dessa preservação foi premiado recentemente. Na temporada de 2021/2022, o Rio Marié, detém o recém- aprovado Recorde Mundial na espécie de Tucunaré Açu (Cichla temensis) de 91 cm de acordo com a International Game Fish Association – IGFA, para saber mais sobre acesse: https://igfa.org/2022/02/25/world-records-for-february-2022/.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Terra e Cultura para o bem viver indígena

Blog da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro

Blog II da EIBC Pamáali 2014 a 2016

Bem-Vindo ao blog II da escola Pamáali, localizada no Médio Rio Içana-Alto Rio Negro. Aqui você encontra notícias da região do Alto Rio Negro sobre Educação Escolar Indígena e outros assuntos. Deixe seus comentários!

CAIMBRN

Coordenadoria das Associações Indígenas do Médio e Baixo Rio Negro

Blog do Povo Baniwa e Koripako

Nossa presença na Web

Antropologia médica

Diálogos entre pesquisadores latinoamericanos

Lúcio Flávio Pinto

A Agenda Amazônica de um jornalismo de combate

Rio Negro

Blog do Ray Baniwa

%d blogueiros gostam disto: